Halloween Costume ideas 2015

Suspeito de participar da morte de policial em Caldas do Jorro recebe alta e segue para presídio


81878-3

O acusado de matar o policial militar José Robson em Caldas do Jorro, Maurício Silva dos Santos, recebeu alta do Hospital Geral Clériston Andrade na tarde desta segunda-feira (29) e foi apresentado ao delegado Jean Souza, titular da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana.
O policial militar José Robson foi executado no último dia 24, quando participava dos festejos juninos na casa de familiares e o Maurício deu entrada no Clériston apresentando ferimento de arma de fogo no dia seguinte ao crime, 25.
Segundo o delegado, Maurício será recambiado ao presidio regional de Feira de Santana, onde ficará custodiado, até a definição do local para onde ele será transferido, que pode ser ou não o presídio de Serrinha.
“O presídio de Serrinha é de segurança máxima. Ele pode ser transferido para lá, pois matou um policial e está sendo ameaçado por outros criminosos. Mas por enquanto, ele fica no presídio de Feira. Ele aparenta ser uma pessoa tranquila, mas a gente vê, diante dos fatos, que ele cometeu esse crime e é uma pessoa violenta. Ele não teve medo de enfrentar um policial armado e executá-lo”, afirmou o delegado Jean Souza.

Inicialmente Maurício negou a participação no crime, mas depois confessou que matou o policial para pagar uma dívida de 15 mil reais, que tinha com a Facção Primeiro Comando da Capital (PCC) de São Paulo.
As informações são do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade


Marcadores:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget