Weather (state,county)

Notícias de Última Hora

Coronavírus: Governo anuncia que aplicativo para receber auxílio de R$ 600 está no ar



Está no ar o aplicativo, o site e a central telefônica para que trabalhadores informais possam se cadastrar para receber o auxílio emergencial de R$ 600 criado pelo governo para minimizar o impacto social gerado pela pandemia do novo coronavírus. O anúncio foi feito nesta terça-feira (07) pelo ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni.

“Esse aplicativo já está disponível nas lojas do Google e Apple, nos dois sistemas, à disposição para as pessoas. Além disso, o site da caixa que é auxílio.caixa.gov.br já está aberto desde o início da noite. Ainda temos a central do 111 que as pessoas também podem utilizar para poder fazer o auxílio emergencial”, disse Onyx. Clique aqui para acessar pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Segundo Onyx Lorenzoni, o site está no ar desde a noite de segunda-feira (6) e já foram realizados cerca de 600 mil cadastros. Para quem é correntista do Banco do Brasil ou tem poupança na Caixa, o pagamento deve estar disponível já na próxima quinta-feira (9), segundo o próprio governo.

Têm direito ao auxílio emergencial trabalhadores informais, microempreendedores individuais e autônomos, aqueles que contribuem individualmente para o INSS. O benefício foi aprovado pelo Congresso na segunda-feira passada e sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na sexta-feira.

De acordo o ministro da Cidadania, os primeiros a receber serão os informais no Cadastro Único (CadÚnico). Estão nessa base de dados, segundo o governo, 75 milhões de pessoas, dos quais 10 milhões já foram identificados como elegíveis ao benefício.

“O processo é muito complexo, são muitas variáveis e o esforço está sendo quase sobrehumano das equipes para poder fazer o atendimento mais rápido possível”, afirmou Onyx.

Para receber os R$ 600 por três meses é preciso ter mais de 18 anos, não ter emprego formal e não receber nenhum outro benefício assistencial. A exceção é para beneficiários do Bolsa Família, que podem receber o auxílio emergencial, caso seja mais vantajoso.

De acordo com o governo, R$ 98 bilhões serão investidos em auxílio para 54 milhões de brasileiros.

A medida custará aos cofres públicos mais de R$ 98 bilhões, segundo estimativas da equipe econômica. Na semana passada, o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o montante será superior à previsão de gastos para bancar custeio e investimento de todos os ministérios do governo.

Fonte: Yahoo Notícias

Nenhum comentário