Weather (state,county)

Notícias de Última Hora

Banco do Nordeste discute com parceiros alternativas para alavancar a pecuária leiteira do Semiárido Nordeste II.


A videoconferência foi realizada na manhã dessa quarta feira 22/07/2020, e contou com a participação de representantes do SEBRAE, BAHIATER, Secretarias de Agricultura e do Meio ambiente de Cícero Dantas, Secretaria de Agricultura e CMDS de Sitio do Quinto, Associação dos Agropecuaristas de Cicero Dantas – AACD, integrantes do Comitê Gestor Territorial da Bovinocultura de Leite do Semiárido Nordeste II, do Programa de Desenvolvimento Territorial do Banco do Nordeste – PRODETER/BNB.

A reunião teve a finalidade de dirimir dúvidas sobre o processo de fertilização em vitro – FIV SEBRAE 2020, e outros temas relacionados a cadeia produtiva do leite. Como, panorama da atividade leiteira e os impactos no território durante a pandemia; plano safra 2020/2021; monitoramento e avaliação das ações do Plano de Ação Territorial dos bimestres março-abril e maio-junho/2020; retomada das ações do PAT após a pandemia e a inclusão de nova ações, exemplo, “FIV. SEBRAE 2020” e beneficiamento de queijo artesanais com o “Selo Arte”.



                             

O representante do SEBRAE – Edmar Araújo, discorre sobre a importância de incluirmos como ação do PAT da bovinocultura de leite, a fertilização em vitro – FIV, pois essa técnica, favorece o melhoramento genético dos animais, e o ganho de produtividade desse processo, refletirá diretamente na receita liquida dos produtores, essa sobra de receita permitirá o revestimento na atividade, e o giro desses recursos, proporcionará a geração de emprego e renda na Região.

Segundo o Agente de Desenvolvimento do BNB – Gilvan Araújo, o agronegócio vem sendo um dos setores menos atingido pela pandemia, e no tocante a comercialização do leite da região, houve uma pequena retração nos preços praticados nos meses de abril e maio, no entanto, como a demanda continuou pujante, os valores formam reajustados. O preço médio pago pelos laticínios hoje, já é maior do que era em março no início da pandemia.

O Secretário de Agricultura de Sitio do Quinto – Fabricio Carvalho, informa que os produtores do município sabem da importância do leite para economia local, e querem melhorar a genética das suas matrizes bovinas, eles vão aderir ao processo de fertilização em vitro – FIV SEBRAE 2020, e inclusive já possuem grupo com quantidade suficiente para viabilizar o deslocamento de um profissional habilitado a executar o serviço.

A Coordenadora do PAT da bovinocultura de leite - Leide Correia, falou sobre o “Selo ARTE”. Ela vê nesse seguimento uma oportunidade de fomentarmos a economia através do beneficiamento do produto, toda via, será necessário estimular ações voltadas ao associativismo e o cooperativismo entre os produtores locais, pois a abertura de uma agroindústria, por menor que seja, reque uma certa quantidade de matéria prima para fabricação diária. Foi uma reunião bem proveitosa com boa interação entre os participantes que vem se mostrando cada vez mais comprometidos com o desenvolvimento da pecuária leiteira da Região.

Por:Cicero Dantas Acontece.Com/Agente de Desenvolvimento do BNB – Gilvan Araújo

Nenhum comentário