Weather (state,county)

Notícias de Última Hora

PRF apreende cerca de 5 toneladas de maconha na BR-116 Sul em Feira de Santana

                                 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de cinco toneladas de maconha, divididas em 387 pacotes, durante uma abordagem no posto policial da BR-116 Sul, em Feira de Santana, por volta das 23h de domingo (26). A droga estava sendo transportada em um caminhão em meio a uma carga de farinha de trigo. A droga foi encaminhada para a Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE) no Complexo Policial Investigador Bandeira, no conjunto Jomafa, na manhã desta segunda-feira (27).



Foto: Aldo Matos/Acorda Cidade

O inspetor João Daniel, da PRF, informou ao Acorda Cidade que a apreensão aconteceu durante a Operação Tamoio, de combate ao narcotráfico, e que a droga saiu do Paraná com destino à Paraíba, onde o motorista seria informado sobre o destino final do entorpecente.

“Foram encontrados ocultos neste veículo os pacotes de maconha. A carga era de farinha de trigo, o vendedor é do Paraná e estava seguindo para o Nordeste. Quando os policiais rodoviários federais desconfiaram do nervosismo do motorista foi feita uma revista no veículo. Encontramos vários tabletes de maconha e na pesagem a gente está considerando mais de cinco toneladas. Encontramos farinha de trigo nas laterais, no fundo e em cima da carga de maconha, então, ela estava totalmente oculta, dificultando assim a fiscalização, mas a gente percebeu que não tinha apenas farinha de trigo na carga dele. Descarregamos e encontramos o ilícito. A princípio ele disse que estava indo para a Paraíba e que lá iria receber uma ligação onde seria informado sobre o destino final da droga”, informou o inspetor ao Acorda Cidade.

A carga de farinha de trigo estava com nota fiscal e todos os impostos pagos, segundo o policial “justamente para ludibriar a fiscalização.” O motorista foi preso e a maconha será encaminhada para incineração após os trâmites legais.

Segundo o inspetor, o material apreendido está avaliado em milhões de reais. O crescimento no número de apreensões feitas pela polícia tem aumentado o preço da droga.

Com informações do repórter Aldo Matos do Acorda Cidade.

Nenhum comentário